Cerveja La Trappe envelhecida em barril de cachaça chega ao consumidor

A Bier & Wein, em parceria com a cachaçaria Weber Haus, disponibilizou, em 2016, 50 barris para a produção da La Trappe Oak Aged

Elaborada desde 1884 na cervejaria da Abadia Cisterciense “Onze Lieve Vrouw van Koningshoeven” (N. Sra. de Koningshoeven) – produtora de cervejas Trapistas situada na Holanda, a La Trappe agora ganhou uma edição especial com um toque de brasilidade: a La Trappe Oak Aged Cachaça Barrel.

Para produção da La Trappe Oak Aged, a cervejaria normalmente separa uma pequena parte da produção da La Trappe Quadrupel e acondiciona em barris de madeira que já envelheceram outras bebidas: whiskey, vinho tinto, vinho branco, rum, conhaque, etc. No caso da La Trappe Oak Aged Cachaça Barrel, deixaram a La Trappe Quadrupel em barris de cachaça durante 12 meses.

Em junho de 2016, a Bier & Wein, em parceria com a cachaçaria Weber Haus, disponibilizou 50 barris para a produção desta Oak Aged. Os barris, de carvalho francês, maturaram a cachaça Weber Haus Extra Premium Lote 48 durante 12 anos (seis anos em barris de carvalho francês e seis anos em bálsamo). Em cada um deles está reservado um exemplar único da própria obra. Apenas outras duas mil garrafas foram feitas artesanalmente a partir do sopro do vidro em fornalhas, numeradas e lacradas à mão, e levaram o inédito rótulo Weber Haus Lote 48 – 12 anos. Essa cachaça tem características de café, chocolate, baunilha e amadeirado. O preço aproximado da garrafa desta cachaça é de R$2.300,00.

Entre as 11 cervejarias trapistas no mundo, a La Trappe foi a primeira a utilizar barris de cachaça para envelhecer cerveja. Foram produzidas 600 caixas (3.600 garrafas 375ml) e destas, 115 caixas vieram ao Brasil (690 garrafas). Sua composição é Blend de 80% de La Trappe Quadrupel envelhecida em barris de cachaça e 20% em barris novos de carvalho.

A La Trappe Oak Aged Cachaça Barrel tem um aroma de caramelo, malte e amadeirado. A cachaça pode ser sentida levemente no aroma e no paladar. Outros sabores que podem ser apreciados são: o de caramelo, ervas aromáticas e frutas maduras. Distinguem-se também os aromas de gengibre, tâmaras, defumado e carvalho.

O sabor é agradavelmente doce, porém sem perder a sua robustez. Juntamente com a baunilha, todos estes sabores fazem dela uma cerveja que, a cada gole, traz novas sensações ao paladar. Na hora de harmonizar, a cerveja combina com Jamon, copa, queijo grana padano, gorgonzola, defumados, embutidos.

A cerveja será vendida nos seguintes pontos de venda:

São Paulo

– Bar do Lindinho: Av. Horácio Lafer, 700 – Jardim das Flores, Osasco – SP
– Casa dos importados: R. Francisco Alves, 801 – Paulicéia, São Bernardo do Campo – SP
– EAP Empório Alto dos Pinheiros: R. Vupabussu, 305 – Pinheiros, São Paulo – SP
– Empório do Malte: Av. Santo Antônio, 1797 – Vila Osasco – SP
– Lincoln: Praça Samuel Sabatini, 200 loja 248 – Centro, São Bernardo do Campo – SP
– Mestre Cervejeiro Jardins: Alameda Franca, 1024 – Jardim Paulista, São Paulo – SP
– The beer Planet: Venda online.

Rio de Janeiro

– GMV Beer Family: Av. Borges de Medeiros, 1424 , stand 19 – Lagoa Rodrigo de Freitas (Estádio de Remo da Lagoa – Lagoon)

Ficha técnica

Família: Ale – Alta Fermentação
Estilo: Oak Aged
Coloração: Âmbar
Teor alcoólico: 11% ABV
Volume: 375 ml
Validade: 01-2043

Sobre a La Trappe

A La Trappe é elaborada desde 1884 na cervejaria da Abadia Cisterciense “Onze Lieve Vrouw van Koningshoeven” (N. Sra. de Koningshoeven). Todo o ambiente de dedicação, calma e reflexão que reina dentro dos muros do mosteiro, reflete-se diretamente nesta magnífica linha de cervejas especiais. Dentre as cervejas Trapistas, a La Trappe é a que possui a maior variedade de estilos.

Sobre a Bier & Wein

Fundada em 1986 e especializada em cervejas especiais desde 1993, a Bier & Wein é a maior importadora independente de cervejas do Brasil, e participou ativamente da formação do mercado nacional sempre trazendo as melhores e mais qualificadas marcas de cervejas do mundo e produzindo a sua linha de cervejas artesanais Paulistânia. www.bierwein.com.br

Sobre a H. Weber

A história da família Weber no Brasil tem início em 1824, quando os descendentes alemães saíam da cidade de Hunsrück para morar no Lote 48 das encostas da Serra Gaúcha, hoje chamada Ivoti. Ao adquirir as terras, a família iniciou o plantio de batata inglesa. Mas, só em 1848, com o plantio de cana-de-açúcar, começou a elaborar cachaças para consumo. O destilador foi construído após um século formado apenas por um galpão com engenho no meio movimentado por quatro mulas. Atualmente, a Weber Haus já coleciona 35 premiações e certificados importantes para a agroindústria.

Saiba mais em www.weberhaus.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: