República Tcheca participa pela primeira vez da Feira da Cerveja de Blumenau

Com forte tradição cervejeira o país quer estreitar os laços comercias com Santa Catarina

A República Tcheca tem séculos de tradição cervejeira, o estilo pilsen tem origem na cidade de mesmo nome (Plzen), está entre os maiores produtores da Europa e é o terceiro maior exportador de lúpulo do mundo. É campeão de consumo por pessoa são 144 litros por ano. São mais de 400 cervejarias no país e abre em média uma nova cervejaria por semana.

Esses são alguns dos motivos para o País apresentar a matéria prima de qualidade lúpulo e malte, e maquinário na feira que é realizado em paralelo ao maior festival cervejeiro do Brasil e da América Latina, o evento ocorre de 13 a 16 de março.

No estande da República Tcheca instalado na feira, o visitante vai encontrar um ambiente cervejeiro tcheco com especialistas em matérias primas, tecnologias, até as soluções completas e franquias de cervejaria com restaurante. O executivo Patrik Kohout, explica que o visitante vai provar a cerveja tcheca e conversar com as especialistas da cada área no estande e se cadastrar para participar nas palestras e “workchope” para aprender mais sobre as tecnologias, qualidade e conhecimentos de cervejeiros tchecos. Estarão no estande a Bohemia Hop, que apresentaram o lúpulo e demais matérias-primas. Cheops com tecnologias para cervejarias industriais, enchimento, envasamento, projetos e soluções completas. Contechin com tecnologias para micro cervejarias, cervejarias com restaurantes. E a Czech Crowna com franquia da marca, restaurante tcheco com a cervejaria.

No dia 15, o vice-presidente da Câmara de Comércio da República Tcheca, Bořivoj Minář, profere palestra sobre a tradição da cerveja tcheca, evento incluído na programação oficial do Festival Brasileiro da Cerveja.

A cônsul-geral da República Tcheca no Brasil, Pavla Havrlíková, que é responsável por essa ação, conta que em março do ano passado empresários tchecos estiveram em Blumenau e em setembro uma comitiva da Fecomércio em conjunto com a Secretaria de Turismo de Blumenau visitaram o país e conheceram a vasta produção de cerveja. “Agora, a missão é estreitar laços, aproximar os empresários dos dois países e gerar negócios”, avalia a cônsul.

Para o secretário de turismo de Blumenau, Ricardo Stodieck, foi fundamental e determinante a visita à Republica Tcheca para divulgar a feira para os empresários do país que perceberam o potencial do mercado cervejeiro brasileiro, que é o terceiro maior mercado consumidor do planeta. Isto foi determinante na vinda dos empresários tchecos para Blumenau. Stodieck afirma que, além do fornecimento de insumos, a República Tcheca tem equipamentos de alta tecnologia. ’São mais de 900 anos de cultura cervejeira, enquanto no Brasil são pouco mais de 120 anos. A República Tcheca tem muito a agregar, em relação à tecnologia e na cadeia produtiva cervejeira do Brasil’, avalia o secretário. Para Kohout, o conhecimento e a qualidade prestada das empresas tchecas estão sendo vendida por terceiros aos empresários brasileiros. Queremos estabelecer as parcerias e cooperação, aumentar conhecimento sobre o setor cervejeiro tcheco e apoiar o crescimento da cultura cervejeira no Brasil. “Nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e São Paulo, essa aproximação entre os países já foi feita, agora é a vez de Santa Catarina”, conclui Kohout.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: